O LEMA DE TARGINI

“EX  TOTO CORDE”

"EX TOTO CORDE" (DE TODO CORAÇÃO)

 

 

 

 

 

 

 

 

LEMA NO UMBRAL DA PORTA DE ENTRADA DO SOLAR

LEMA NO UMBRAL DA PORTA DE ENTRADA DO SOLAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SOLAR TARGINI FOTO DE ERIC HESS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Casa do Visconde de
São Lourenço, Fotos
Eric Hess, 1941, Arquivo
Central IPHAN.
Plantas do andar nobre
e do sotão.

 

Desenho apresentado pelo Professor Arquiteto José Simões de Belmont Pessôa, em seu artigo “Padrões distributivos das casas senhoriais no Rio de Janeiro do primeiro quartel do século XIX”, no livro ““A casa senhorial em Lisboa e no Rio de Janeiro”,  (Edição conjunta Instituto de História da Arte (IHA) – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa ISBN e  Escola de Belas Artes (EBA) – Universidade Federal do Rio de Janeiro ISBN),

 

 

 

LATERAL DO SOBRADO, NA RUA DOS INVÁLIDOS, HOJE QUASE TOTALMENTE DESTRUIDA

LATERAL DO SOBRADO, NA RUA DOS INVÁLIDOS, HOJE QUASE TOTALMENTE DESTRUÍDA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RUA DO RIACHUELO, FRENTE DO SOLAR, HOJE DESTRUIDO

RUA DO RIACHUELO, FRENTE DO SOLAR, HOJE DESTRUIDO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ex toto corde”, “com todo o coração”. Esta expressão encontra-se no Livro do Deuteronómio, dentro do primeiro e fundamental mandamento da lei, quando Moisés diz ao povo: “Escuta, ó Israel! O Senhor, nosso Deus, é o único Senhor! Amarás ao Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com toda a tua alma e com todas as tuas forças” (Dt 6, 4-5). “Com todo o teu coração – ex toto corde” refere-se portanto ao modo com que Israel deve amar o seu Deus. Jesus confirma a primazia deste mandamento, ao qual associa o do amor ao próximo, afirmando que ele é “semelhante” ao primeiro e que de ambos dependem toda a lei e os profetas (cf. Mt 22, 37-39).